quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Fèrias no Brasil 2011 - Vila Nova

Um dos objetivos do Henry no Brasil era conhecer uma favela. Ele sò tinha visto por fotos e queria muito visitar uma. Voces podem achar estranho, mas eu achei boa essa sua curiosidade. Grande parte dos italianos querem ir ao Brasil sò pra fazer turismo sexual e outros compram uma casa em uma praia e vao ali uma vez por ano, nao se importam com ninguèm e ignoram completamente a cultura da comunidade local.

Pois bem, è por isso que eu sempre apoiei o Henry na sua vontade de conhecer uma favela. E ele conheceu. Brincou com as crianças, ajudou quem precisava, deu atençao a quem queria conversar.  Voltando à Itàlia, perguntei como ele estava se sentindo. "Impotente" foi a resposta.

Posto algumas fotos das familias onde estivemos e conto algumas històrias. Nao faço isso para aparecer, faço sò pra mostrar que com bem pouco se pode ajudar MUITO quem precisa.

VILA NOVA

Vila Nova è a comunidade carente que existe em minha cidade natal.

Muitas pessoas da minha cidade nao fazem idèia de como è essa comunidade e como vivem essas famìlias. A falta de conhecimento vem ou por desinteresse ou por medo... muitos acham que "favela" quer dizer "morro infestado de bandidos".

Pode parecer prepotente a minha vontade que esse post quebre preconceitos, mas... a idèia è essa. Nao quero me aparecer, nao quero que ninguem me mande dinheiro para ajudar essa comunidade, quero sò que as possoas da minha cidade vejam que ali moram pessoas boas de verdade. Moram crianças que tem fome, que precisam de roupas, calçados, cadernos... e mais que isso... que precisam de atençao, que precisam sentir que alguem se preocupa e se importa com elas.

Voce nao vai na Vila Nova porque tem medo?

E se eu disser que um italiano foi? Ele foi e ninguem o roubou, ninguem o sequestrou, ninguem o torturou... Nao tenha medo de ajudar. Se voce tem medo de ir atè a Vila Nova sozinho, fale com as professoras da escola Vila Nova. Elas podem te levar diretamente às familias que tem mais necessidade.

Eh Natal... por que nao dar uma cesta bàsica a quem precisa? Voce vai gastar em mèdia 35 reais. E aquelas pessoas serao gratas à voce por toda a vida!

Nesta familia tive a sensaçao que o mais importante doi a atençao dada à eles. Ouvir sua història, contar um pouco da nossa... estar meia hora junto com elas... Talvez o importante para elas era saber que em algum lugar do mundo, alguèm se importa. Alguèm ficou sabendo que elas existem, alguèm irà contar a sua història. Ao menos essa foi a minha sensaçao.


R$ 1,99. Foi quanto custou o sorriso desse menino, que segundo a mae ficou a noite em claro esperando a bola que ia chegar no dia seguinte.


10 a 0 para o menino!

Essa foi a realidade mais chocante que encontrei. Essa "casa" è de um senhor que teve a filha morta em um incendio que queimou a sua casa. Desde entao, ele "mora" nessa barraquinha. A barraquinha nao tinha nem o teto, que foi doado por uma das funcionarias da Escola Vila Nova, que se chocou ao pasar ali em um dia de chuva e ver que o senhor "Zè" estava todo molhado e com frio, pois a chuva tinha molhado tudo.

O senhor "Zè" toma banho e cozinha com a àgua de uma represa que existe na cidade. Quando fiz a pergunta nonsense "O senhor nao tem medo de pegar alguma doença tomando àgua da represa?" ele me respondeu: "Quando a gente tem àgua encanada a gente vira bobo, fica achando que se tomar agua de rio fica doente. Nao fica nao..."

 Nao quero discutir essa foto, porque seria muito polemico.
Esse è o "banheiro" dessa familia. Marido, mulher e 6 crianças.

O que me impressionou (alèm do òbvio) foi a maturidade dessa menina que està com a irmazinha no colo.

Eh isso. Quero deixar um agradecimento especial à Professora Tuca, da Escola Vila Nova, que foi quem nos levou atè essas e outras familias. Voce è uma grande mulher!

Acho que vou ser apedrejada. Vao dizer que fiz o post sò para aparecer. Nao tem problema. Eu sò queria mostrar que na Vila Nova tem gente boa e que ninguem vai te matar se voce for là levar um pacote de arroz ou um pirulito à uma criança. Essas pessoas sao boas e precisam de ajuda.

AUTORIDADES VAMOS ACORDAR??

Um comentário:

Sheyla disse...

Gisa, que legal o que vcs fizeram! Não se preocupe com o que vão achar ou pensar, faça a sua parte! E vc fez, e essas pessoas nunca esquecerão vcs! Parabéns pela iniciativa e que vc e Henry continuem fazendo isso e que outras pessoas se sensibilizem. Infelizmente, essa realidade do nosso País é real e triste....

By Gisa