terça-feira, 28 de agosto de 2012

Acumulador de coisas - 2

Ahhh gente, a desligada aqui esqueceu de contar o desfecho da història. Nao lembro quais foram as pessoas que pediram pra contar, mas aqui vai:

Foi assim:

Antes do Henry chegar em casa eu jà mandei um sms contando da "limpa", tipo, pra preparar a criatura. O clima ficou TENSO.

Quando chegou eu achei que ele ia virar o bicho, mas nao. Quando ele viu que bem que se està com a estante quase (quase, gente, quase) vazia, vi que ele ficou meio aliviado. Aì perguntou onde foram parar as revistas de caça (no baù embaixo do sofà), as revistas de off-road (embaixo do sofà), as revistas de Direito (continuam na estante) e, CLARO, as malditas Caixinhas. Jà to atè chamando as bichas com nome maiùsculo, como se fossem, assim, uma Entidade.

Nao me deixei intimidar:
- As Caixinhas foram pro lixo, Henry!
- NOOOOOO!
- Mas olha que lindo que ficou, assim, com esses espaços vazios... a casa atè parece maior!
(Ele dà uma olhada em volta)
- Cazzo! Hai raggione! (Tem razao)

Criatura se acalmou e foi assim que me liberei de um monte de entulho, um monte de revista velha e, claro, das Caixinhas!

Bom, isso foi quando minha amiga veio aqui, na primeira semana de Agosto.

Aì domingo passado a criatura chega em casa pela garagem, de fininho. Escuto um barulho, vou olhar e...
... a criatura tà là, abaixada, com um MONTE DE CAIXINHAS NA MAO!!!!

- Henry!!
- (leva um susto) ... E-eu peguei no lixo* do Decathlon...

:S

Devo me preocupar??

(Uma das casas do programa "Sepolti in Casa")

 .................
(*): Conteiner onde as lojas acumulam as caixas atè que a prefeitura passe para retirà-las

12 comentários:

Geíza Bolognani disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
OMG, sei que é feio rir da desgraça alheia. Mas fico tão aliviada de ver que o seu Henry é muito pior que o meu maridex...
Baccio!

Gisa disse...

huahuahua
Geisa, valeu o apoio moral!
hahahaha
Beeeijos!

Priscila disse...

Que susto!Antes de ler a legenda pensei que fosse uma foto da sua casa! :O

Gisa disse...

hahahaha Pri, nao chegamos a esse ponto - Ainda!

Luiza Navarro disse...

meu marido tem um irmao gemeo e nao sabe! kkkkkkk.
mas ô sou LOUCA APAIXONADA por caixas!
outro dia fui no super e pedi um monte q tavam vazias, marido morto de vergonha, to nem ai, vergonha e roubar!
pior ele, q ate porta pegou do lixo do vizinho!kkkkkkkk.

Flor disse...

hahahahaa ai Gisa! Elas voltaram! Elas voltaram! kkkkk
Bjs! Flor ( do Blog Lollavie )

Luana disse...

Queeeeee? ele pegou caixinhas do LIXO? DO LIXO???

CREDOOO!!!

Gisa disse...

Pois è, Lu! Aqui o papel sò è recolhido uma vez na semana, entao as lojas geralmente tem um conteiner atràs delas, onde eles vao acumulando as caixas atè que a prefeitura passe retirà-las. A criatura passou pelo Decathlon e viu todas aquelas caixas e nao resistiu!!! :(

Cristiano disse...

huahuahua

Mas o q acho mais engracado eh ele querer guardar caixa vazia.

Se eu fosse ele falaria que ela coleção. :)

Cambaxirra disse...

Ai, fiquei com dó do Henry, sério. Imaginei ele entrando sorrateiramente na garagem com suas caixinhas queridas...hahahaha. Tadinho.
Semana passada lembrei dele, porque fiz uma arrumação por aqui e encontrei as caixinhas dos meus últimos três telefones celulares. Inevitável, pensei em vocês, né? :P

Beijo!

Sheyla disse...

Como assiim?! Ele pegou novas caixas? Tá precisando de tratamento já!!! Rsrsrsrsrs Faça mais faxinas para ele se acostumar!! Bj

Natália T. disse...

Apesar de ser HILÁRIO (desculpa, mas é, né..), é perturbador. O Henry já perdeu alguém bem próximo? Pai ou mãe, talvez? Muitas pessoas se tornam acumuladoras por essa razão.. Bom, independente de qual seja a razão, é uma coisa SERÍSSIMA (embora pareça boba e super engraçada, principalmente pra qm tá de fora) e, sinceramente? Seria ótimo se ele começasse a fazer uma terapia... Pq esse tipo de comportamento obsessivo em relação a acumular coisas inúteis SÓ PIORA com o tempo e, daqui uns 20 anos, tua casa tá bem nesse estilo aí da foto.. sem querer botar pressão e lhe amedrontar.. mas é verdade.. converse com ele, pra ele procurar um terapeuta!

By Gisa