terça-feira, 28 de agosto de 2012

Inveja

De todos os sentimentos ruins que o ser humano pode sentir, acho que o unico que eu nao consigo entender è a inveja.

Tem um casal de conhecidos meus là da minha cidade natal que, embora nunca tenhamos sido grandes amigos, compartilhamos diferentes momentos da vida juntos.

Conheci ela primeiro, quando ainda era criança e ela adolescente, moràvamos no mesmo bairro. Ele, eu sò fui conhecer anos depois, quando tinha 13 anos e ele passou a estudar junto comigo.

Depois comecei a frequentar a igreja Catolica, onde ela era catequista, e passei a ve-la mais vezes. No mesmo periodo perdi contato com ele, que se mudou de cidade por um tempo.

Tres anos depois ele passou a fazer parte da minha turma de amigos e passavamos muito tempo juntos. Eu conhecia os dois, mas eles ainda nao se conheciam.

Depois, enquanto morei em Ivaipora e perdi contato com os dois, eles se conheceram e em 1999 se casaram. Foi o mesmo ano em que retornei à minha cidade e em 2000 passei no mesmo concurso que ele passou, e por 7 meses trabalhamos juntos.
Depois, em janeiro de 2002 eu me casei e fui morar em Aracaju. Foi a ultima vez que vi ou soube noticias deles.
Ele è aquela pessoa muito tranquila, capaz de te deixar tranquila em meio a um ataque de nervos. Ironico, sempre consegue te fazer rir das mais absurdas desgraças. Ela è aquela pessoa divertida que tà sempre com um sorrisao enorme e contagioso no rosto, sempre de bem com a vida.

Os dois sao de familia humilde. Ela, operaria, ele professor de violao. Os dois viviam em uma casinha pequena, em um bairro muito simples e muito afastado do centro da cidade. Acho que nunca passaram necessidaaaaaade, mas sempre tiveram, a vista de todos, uma vida simples e com dificuldades.

Naquela època eles eram, pra mim, aquele casal perfeito, cheio de amor e felicidade... onde sò faltava um pouco de estabilidade financeira. Eles eram, tambem, aquelas pessoas que eu olhava e pensava "poxa vida, eles sao tao batalhadores, tao legais, tao honestos... por que a vida nao pode ser um pouco mais fàcil?"
Por 10 anos fiquei sem ter noticias deles.

Aì, essa semana, eis que encontro ele por acaso no Facebook. Vendo seu perfil, vejo que ele è gerente em uma agencia de uma grande corporaçao bancària. Ela està terminando o curso de Direito. Os dois tem uma filha linda. Ele tem um carro novo. Ela acabou de ganhar um carro novo de presente de aniversario, dado por ele. Os dois tem uma casa grande, espaçosa, linda e com um enorme jardim.
Nunca gostei de "rotular" o sucesso das pessoas por seus bens materiais, mas no caso deles, sò faltava isso.
Quando vi a foto dela ao lado do carro novo meus olhos se encheram de làgrimas. Nao è falsidade nao, gente, ver que eles estao super bem me trouxe uma felicidade enorme, mesmo. Ela està ainda mais linda, com o mesmo sorrisao e muito elegante em seus chiquèrrimos terninhos e salto alto.
Fiquei olhando a foto dela ao lado do carro e lembrando como era nossa vida em nossa cidade natal. A dificuldade pra ir trabalhar, sem carro, no centro da cidade. Uma hora de caminhada pra ir e uma hora de caminhada pra voltar. Embaixo de sol ou chuva. Pra ajudar, antes de chegar ao centro a gente tinha que subir uma montanha! E nenhum daqueles filadamaes que a gente conhecia que tinha carro parava pra dar uma carona!

Fiquei lembrando disso e imaginando ela agora, toda linda, nos seus terninhos super chiques, no seu carro super lindo e novo, indo pra sua tao sonhada faculdade de Direito. E nao è de chorar de emoçao isso, gente? Nao è a coisa mais linda desse mundo quando alguem do bem realiza seus sonhos apòs taaaannnta luta e sofrimento?

Eu me emociono, choro de alegria, me sinto feliz, tranquila, em paz... Sinto como se sabe, como se conseguisse ver que existe um pouco de equilibrio nesse universo tao complexo e desigual.
E aì, pensando em pessoas que realizam seus sonhos, lembrei da minha amiga que esteve aqui no inicio do mes e realizou seu sonho tambem. Toda feliz, ela colocou suas fotos no face. Quase ninguem curtiu ou comentou (engraçado que quando ela posta que nao està bem, todo mundo curte!), mas teve uma pessoa que foi mais alèm. A pessoa deixou comentarios se desfazendo de todas as coisas:

"isso è peixe cru? Que nojo!" (e nem era peixe cru);
"Ouvi dizer que Venezia fede! Que horror!";
"Isso è ostra?? ai, vou vomitar!";
"Voce comeu essa pizza inteira? Vai engordar!"

Esses comentarios nao foram uma brincadeira... Foram de verdade! O que è isso se nao inveja?
E aì, depois de pensar na minha amiga, ainda olhando a foto da Guerreira ao lado do carro novo, eu fiquei imaginando quanta gente viu aquela foto e ficou, como a 'amiga' da minha amiga, se remoendo de inveja!
E depois de ficar muito tempo pensando, descobri que nunca vou entender por que è que as pessoas se deixam levar pela inveja, que sò tràs raiva, desgosto e angustia... quando podem simplesmente admirar o sucesso alheio e se sentirem felizes!
Por que? Por que escolher o sofrimento quando è muito mais fàcil ser feliz?

Mistèrio....

..............
Beeeeeijos!

12 comentários:

Karine disse...

Já ouvi falar que a inveja também tem Facebook e que é melhor guarda as suas vitórias pra si mesmo...
Feio, muito feio!!!

Luana disse...

Eu tenho muita raiva de gente invejosa, de gente maldosa... Que fica torcendo pro outro se ferrar..

Me lembro do meu primeiro namorado - eu so tive 3, sou moca de familia (nada, sou estranha mesmo e ninguem quase queria me namorar) - q era um partidao... Lindo, inteligente, engracado... AS meninas todas enlouquecidas por ele... E sei la porque ele quis ficar comigo...

Foram 4 anos... Ate que ele quis casar, eu nao quis - eu tinha 22! - e a terminamos no namoro com um ainda gostando muito do outro...

Os "amigos" do casal voaram em cima da gente, pra falar que eles sabiam que nao ia dar certo... mimimi...

O que eh dar certo pra essa gente? Tem que fazer bodas de ouro pra dar certo? E isso vindo de gente que nao tinha conseguido manter um namoro nem por meros meses!!

Ou seja... povo adora criticar! Adora soltar essas frases horrendas e maldosas...

E sabe? Sua amiga- as duas! - estao mais do que de parabens pelas conquistas... Peixe cru eh uma delicia, eu nunca fui pra Veneza (e to nem ai se cheira mal, deve ser linda!) e eu AMO ostras, de paixao!

migalhas disse...

oiiiiii amiga, arranjei um tempo para vir lhe fazer uma visita diária ao seu belo espaço , desejar-lhe uma boa tarde, felicidades e tudo de bom..
Se você quiser passa la no meu blog, seria um prazer ter-te por lá http://assombrado-mc.blogspot.com abraços

Cristiano disse...

Moça... a inveja pode até atingir as pessoas invejadas... mas corroi o invejoso...

Sandra disse...

Inveja é um sentimento tão baixo né...? Sabe que eu tento me preservar bastante? Não abro a minha vida pessoal demais, não mostro demais, não falo demais... e mesmo assim, já percebi certos olhares e recebi comentários invejosos. O jeito é ignorar e não dar bola pra essa gente. Mas ó, eu já fui a Veneza, achei bonita, mas não tenho vontade de voltar lá não...hehehehe. Bjão

Flor disse...

Gente Gisa! Quase desmaiei lendo o teu post, 2 vezes, uma de felicidade porque um casal lutar, batalhar e conseguir junto é muito lindo e outra porque não acreditei nos comentários que a pseudo amiga fez das fotos lindíssimas que vocês tiraram ( e que graças a vc sempre vou receber todos com balões no aeroporto! lol ) Inveja é triste... sentimento pequeno que diminui ainda mais a pessoa que sente, então bora sermos felizes e torcermos pela nossa felicidade e pela felicidade de todo mundo também! E que o mundo seja mais colorido! Beijos!

Cambaxirra disse...

Olha, se um dia você entender a inveja, me ensina? Porque eu tb não entendo. Se você gosta da pessoa, ela é do bem, e fica bem ou melhora em algum aspecto da vida - qualquer um - claro que vc vai ficar feliz. E se não for uma pessoa do bem, para que você quer saber da vida da pessoa, né? Boa ou ruim, acaba não importando.
Taí um mistério que acho que nunca desvendaremos, não.

Beijo!

Aline Souza disse...

Ai Gisa, é triste o quanto algumas pessoas se corroem com sentimentos tão negativos ao invés de lutar para conseguir suas próprias coisas!! Parabéns a este casal, que lutou e continua lutando. Parabéns a vc por conseguir ter um coração tão puro e se deixar envolver por um sentimento tão verdadeiro quanto o da felicidade alheia!! Tem um vídeo no youtube que é uma compilação de vídeos caseiros mostrando pessoas em grandes momentos de felicidade da vida. Eu choro que nem boba quando assisto. Meu marido sempre morre de rir, ele diz que não consegue entender como a felicidade de desconhecidos consegue me comover tanto!! Existe coisa mais gostosa do que ver alguém feliz? Eu acho que não!! A gente fica leve vendo gente feliz!!! Bjuss

Sheyla disse...

Acho um dos piores sentimentos que existem. Fico ainda mais indignada quando alguém vira pra mim e diz: "ai tô com uma invejinha de vc, mas é inveja branca, tá?" E existe inveja branca?! bj

Eliana disse...

Inveja vem de gente frustrada que não é feliz com o que tem e, pior, não faz nada para conquistar algo e se vitimiza sempre. Infelizmente tá cheio de gente assim. Agora esta pessoa que deixou este tipo de comentário no face da sua amiga, devia ser banida do perfil dela. Inveja ou não, os comentários foram de extremo mau gosto, falta de educação! Bjs

Fulana disse...

kkkk engraçado, um "amigo" do meu pai hje criticou o fato dele estar fazendo churrasco aqui na italia, mandou ele ir comer uma massa! e em outra foto criticou o fato de ele comer algo num prato de plastico num restaurante otimo em la spezia!
o povo é sem noção mesmo né? se eu vejo uma pessoa feliz com alguma coisa, mesmo que eu nao ficaria feliz com aquilo, jamais estragaria a alegria do outro!

Neanderthal disse...

Oi Gisa, o mundo está cheio de gente sem noção. Dá um desconto! Não vale a pena se chatear com alguns comentários.
No mais, eu vi esse post quando estava em Sp e achei bacana você ficar feliz por tabela com os outros. Admiro isso nas pessoas!
Beijos

By Gisa