terça-feira, 11 de setembro de 2012

Atrapalhada? Eu??

Entao gente, voces sabem que eu tirei carteira hà pouco tempo, nè?
Entao... eu nao to acostumada a essas geringonças ultra tecnologicas do mundo automotivo como... por exemplo... a bomba de gasolina "fai da te"!

E vamos ao causo:

Eu precisava abastecer! Fui ao posto de gasolina mais pròximo, fiquei na fila esperando minha vez (observando atentamente como faziam as pessoas antes de mim) e quando chegou meu turno eu fui là, toda radiante, feliz e orgulhosa! hahahaha

Abri a portinha onde tem o buraquinho por onde a gente poe gasolina, vi o adesivo vermelho com letras garrafais "DIESEL" que o Henry colou ali porque... porque.. porque ele me conhece, claro! Entao peguei a bomba DIESEL, apertei o botaozinho "20 Euros", coloquei o cano dentro do buraco e apertei o gatilho - igualzinho o Henry tinha me ensinado!

Dou uma olhada geral no posto pra ver se tà tudo em ordem, olho o displayzinho onde mostra a quantidade de litros/euros e estou a €9. Dou mais uma olhada geral no posto, no carro, na fila e... quando olho de novo pro dizplayzinho estou a 26 Euros!!!!! 
PANICO!!! 
Sò tenho 25 euros na carteira!!! 

E aì, a abestada aqui ao invès de parar de apertar o gatilho, nao... fiquei com o gatilho apertado tentando entender o que tava acontecendo:

- Mas è a minha bomba que tà aparecendo aì?
EH, EH MINHA BOMBA
- Mas isso sao litros ou euros??
SAO EUROS
- E por que nao parou nos 20??
Uééééé... PORQUE NAO PAROU???

ENTAO PARA DE APERTAR RETARDADA!!!
Puf!
Parei de apertar e olhei o monitor: 37,68 Euros.

DESESPERO: Nao tenho esse dinheiro na carteira!
Alivio: Tenho o cartao de Debito!
DESESPERO: Nao lembro a senha!
Alivio: Ta escrito na carteira!
DESESPERO: EU TROQUEI DE CARTEIRA ONTEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Posso culpar Muphy por isso? Nao, acho que nao foi ele desse vez! (Luana, beijo!)

Entao fui ao caixa. Ai que vergonha!
- Moço, eu me atrapalhei com a bomba... eu queria por sò 20 euros... nao tenho TODO esse dinheiro... mas tenho esse cartao ò!
E quando o moço pegou a maquininha todo feliz, eu continuei:
- Mas nao lembro a senha!
- Sem senha nao dà!
- O que eu posso fazer? Posso ir em casa buscar o dinheiro?
- Tem que me deixar a carteira de identidade!

ALIVIO: Era so deixar a carteira de identidade!
DESESPERO: Ela tava em casa!

- Moço, eu deixo o CPF, è a mesma coisa?

hehehee. Que vergonha. Entao, o moço nao queria aceitar o CPF - que, aliàs, estava vencido hà 5 meses. Mas aì, grazadeus, o pessoal da fila atràs de mim começou a buzinar e o moço resolveu aceitar. Fui pra casa, peguei o dinheiro e foi tudo resolvido!

ps: CLARO QUE NAO CONTEI AO HENRY.
ps2: CLARO QUE ESPERO QUE O HENRY NAO LEIA ESSE POST!!






11 comentários:

Ká Miranda disse...

Hahahahaha Gisa vc é d+!!
Gente to me acabando de rir aqui imaginando a cena, pq sou completamente solidária a vc, pago micos homéricos por aqui tbm!! :D
Vamos torcer pra o seu marido nao ler o blog msm, senao ele vai tirar onda contigo até 2050 (o meu tiraria)kkkkk

Beijos!
http://dasaxoniaabaviera.blogspot.de/

Karine disse...

hahahahahhahahaa Gente, quem nunca?
Amei a história. Me vi nela porque eu sempre faço essas coisas: me distraio, pouco dinheiro na carteira e a conta sempre vai a mais, esqueço tudo em casa...

Adorei!

Geíza Bolognani disse...

Kkkkkkkkkkkkk,
Ah, menina!
Quem nunca?
Bom saber que não sou a única a sofre de Dollyte aguda (Nemo, lembra?). Isso não é culpa de Murphy, é complexo de Dolly. Diagnosticada por especialista, kkkkkkk.
Henry lê em português? Perigoooo.

Gisa disse...

ahhh meninas! Obrigada pela solidariedade! eh tao bom saber que nao sou a unica huahuahuahua

Sandra disse...

Ai, eu ficaria com vergonha também :-). Uma vez em SP peguei um ônibus, na época que os passes eram de papel. Na hora de pagar, não achava os meus passes e também não tinha dinheiro na carteira... morrendo de vergonha expliquei para o motorista que tinha esquecido meus passes. O motorista foi tão grosseiro que eu fiquei ainda com mais vergonha!! Juro que eu revirei a minha bolsa no ônibus e não encontrei os passes, acho que pelo nervoso. Foi eu descer do ônibus e chegar na escola que encontrei a cartela com os meus passes em algum lugar da minha bolsa...aff... bolsa de mulher é igual a bolsa do gato Felix: tem um mundo dentro dela. Bjs

Eliana disse...

Ai Gisa...tu é mestra mesmo, se estas coisas não acontecem com vc, vão acontecer com quem??? HAHAHAHAH Eu nunca me preocupei com abastecimento do carro pq nunca precisei, pq claro, nao dirijo pq nao tenho carta hahaha mas tenho quase certeza que se um dia chegar a minha vez, algo cômico vai se suceder hahahaha Bjs

Renata disse...

Ai Gisa vc é muita engraçada, eu acho que faria a mesma coisa ou então pior.
Mas atire a primeira pedra quem nunca esqueceu a carteira em casa na hora de pagar alguma coisa??
To aqui cruzando os dedos pra que o Henry não leia o post rsrs.
Bjks e uma semana abençoada pra vc!!

Natália T. disse...

HAOIHAOIAHOIAHOIAHAOAIUAHAOIAUAHOAIUAHOIUEHOAAHOAIUAHOAUAHOAIHOUE

Gente, mas COMASSIM?! É muuuita atrapalhada pra uma situação só! E vc descobriu pq a bomba não parou nos 20 euros?

HAHAHAHA..

E se o Henry ler o post? comofas?

Cambaxirra disse...

Hahahahaha. Fica tranquila, você é atrapalhada mas não está sozinha. Quem nunca se atrapalhou, ora bolas! Ainda bem que por aqui para abastecer não é assim, senão olha, eu ia viver fazendo isso. Mas eu achava que, se você coloca o valor litros/dinheiro na bomba, quando chega naquele valor a bomba trava e para, não é assim, não? Aqui uma vez eu pedi para um frentista me explicar, e ele me mostrou que funcionava assim, tipo qdo chega no valor, a bomba trava sozinha e não abastece mais. O.o
De qualquer modo, eu ia fazer uma trapalhada tremenda, também, hahaha.

Beijo!

Luana disse...

Da proxima vez peca pro Henry te pagar mais pelo carinho - do post anterior - e dai vc podera pagar sua gasolina sem maiores problemas

hahahha

Aline Souza disse...

hahahaha o povo deve ter ficado um estress so com vc :) Aqui nao temos este problema, pq todas as bombas aceitam cartao de credito, e eu uso o meu para tudo rsrsrs Bjuss

By Gisa