terça-feira, 10 de junho de 2008

A Justiça brasileira não é cega... Ela está em coma.

Deu hoje no jornal:

'Ex- mulher é obrigada a pagar pensão ao ex-marido preso por ter estuprado a própria filha dos 6 aos 12 anos'


Parece brincadeira, mas não é.
Seria até cômico, se não fosse trágico.

O cara estupra a filha desde os 6 anos de idade e finalmente vai preso; a menina deixa de frequentar a escola por virar piada entre os colegas de classe (é... os adolescentes podem ser muito cruéis...), fica com problemas ginecológicos, não pode ter filhos... e a mãe, além de ter que passar a criar a filha sozinha, ainda é obrigada a pagar pensão ao causador de tudo isso...

É o fim da aventura humana na terra!!

A justiça não deveria ficar ao lado da menina?


Não deveria garantir que ela recebesse ajuda psicológica e ginecológica a fim de minimizar os danos causados por este monstro?

Por quê que ao invés de garantir que a mãe tenha condições financeiras para ajudar a menina, a justiça tira dinheiro da mãe para dar ao bandido?

Pra que tirar o dinheiro que a mãe usaria pra melhorar a qualidade de vida da menina (que já sofreu tanto) para dar a um monstro estuprador que perfurou o útero da própria filha?

Por que a justiça sempre fica do lado contrário?

Por que as pessoas sempre se solidarizam com os bandidos?

Uma vez, a irmã de um colega meu foi estuprada. O pessoal do Direitos dos Bandidos, digo, Humanos, nunca foi na casa dela, ver se ela precisava de apoio psicológico ou de assistência médica. Mas quando o meu colega deu uma surra no estuprador e o levou pra delegacia, aí o pessoal do Direitos humanos apareceu lá... pra ver se o coitadinho do estuprador precisava de alguma coisa.

Por que todo mundo fica com dó do estuprador e não da garota que foi estuprada?

Por que todo mundo tem medo de que os outros presos façam com o estuprador o que ele fez com a vítima? Eu acho que não seria nada demais. Talvez isso sim seria justiça. Fazer ele sentir toda a dor que ele causou.

Não consigo imaginar o motivo que fez o juiz determinar que a mãe deve pagar pensão ao pai estuprador.


Resumindo: Quando descobriu que a filha estava sendo estuprada, a mãe procurou a justiça. Esta, por sua vez, não fez nada mais do que um grande escarcéu, que fez a menina virar piada na cidade inteira... Além de toda a humilhação do estupro, a justiça ainda fez a menina ser humilhada e satirizada publicamente. Tudo isso inutilmente. A justiça não garantiu apoio psicológico, não garantiu assistência médica, nada. Só humilhou a menina e não deu a ela nada em troca. E ainda obrigou a mãe a dar dinheiro ao estuprador. Ou seja, o cara destruiu a vida da própria filha e ainda recebe recompensa por isso.

Às vezes é melhor ficar calada.

Nenhum comentário:

By Gisa