quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Curiosidades Italianas (parte 3) - O comercio

Quando voce chega na Italia e descobre como funciona o comercio italiano, voce pensa: "Que porcaria!". Depois, com o tempo, voce se acostuma. Acho que nunca vou achar bom, mas me acostumei.

Me conformei com o comercio italiano quando fiquei sabendo como funciona o da Dinamarca. Um dia, reclamando do comercio italiano com um brasileiro que mora na Dinamarca, ele me disse que là nao existem supermercados. Existem pequenos negocios especializados. Por exemplo: Tem um lugar para comprar comida, um para comprar produtos de limpeza, um para comprar produtos de higiene pessoal (que nao sao as farmacias), um para comprar bebidas, um para comprar cigarros... e ai vai.

Pensem que desespero: Ao inves de usar um dia por mes ou por semana para fazer compras, essa tarefa se divide em milhoes de outras tarefinhas: o dia de comprar comida, o dia de comprar produtos de limpeza, o dia de comprar produtos de higiene pessoal... uma via-sacra!

Agora, sabendo como funciona o comercio dinamarques, o italiano nao parece tao ruim assim. Nao terà nunca a comodidade do comercio brasileiro, mas enfim, nao é o fim do mundo.

Bom, mas deixa de conversa e vamos ao que interessa.


O comercio italiano funciona assim:

Existem hipermercados, geralmente em grandes centros comerciais (o que jà è uma coisa boa), mas geralmente ficam a quilometros e quilometros de distancia das cidades. Entao, no dia-a-dia, o jeito è comprar nos negocios da cidade, mesmo.

O comercio, nas cidades italianas, è  muito especifico. Por exemplo, a padaria sò vende pao. A farmacia sò vende remedio. O posto de gasolina sò vende combustivel... e assim vai.

Entao, se voce quiser levantar domingo de manha e ir comprar pao, queijo e presunto, voce vai precisar ir ao "panificio" (padaria) comprar o pao e depois ir à "Salumeria" comprar o queijo e o presunto.

Se enquanto compra o presunto voce se lembra que precisa de cigarros, voce vai ter que sair da "salumeria" e ir tambem atè a "tabaccheria" - que é o lugar onde se vendem cigarros. Nada de encontrar cigarros em padarias, postos de gasolina, bares... nao, nao, nao.

Se voce tiver sorte, a tabaccheria onde voce for funcionarà tambem como uma "edicola" e assim, em um caso rarissimo, voce podera comprar duas coisas no mesmo lugar: os cigarros e o jornal.

Deu vontade de chupar uma bala? Ha-ha-ha... tà pensando que a tabaccheria tambem vende doces, ne? Huahuahua... Nada disso! Pra comprar chicletes, doces e outras guloseimas voce tem que ir à uma "caramelleria"... ou entrar de bar em bar atè encontrar um que venda doces, jà que quase todos nao vendem.

Eh... a sua manha de domingo viraria uma via-sacra! Viraria, jà que domingo de manha é tudo fechado e voce nao vai poder fazer nada disso! Sim, domingo é TUDO fechado. TUDO: postos de gasolina, padaria, farmacias, shoppings... TUDO. Os shoppings abrem aos domingos somente em dezembro e dois domingos por mes nos meses de julho a agosto.

Entao... eh melhor nao esquecer de comprar nada do que precise no sabado, senao... sò segunda-feira.

E aos domingos se acontente em comer o pao murcho, mesmo! hahaha...

Beijocas!

Caramelleria em Milao

Doces  italianos

Uma Salumeria

Dentro de uma salumeria



Um dos doces mais amados pelas crianças italianas: (eu com uma coisa assim haveria uma infancia traumatica...). Esse è o doce a base de "Liquirizza"

2 comentários:

Marcelo disse...

Li atentamente sua auto- denominada "Tese" sobre "Entregar-se e suas implicações sobre o equilíbrio nem sempre inerente".
Concordo absolutamente com tudo o que você escreveu ali.
Quem se entrega completamente sempre espera a mesma entrega de seu parceiro, ou haverá um desequilíbrio que mais cedo ou mais tarde fará com esse relacionamento termine.
A verdade, e sendo bem honesto aqui, é que cosntumo me policiar com isso de entrega.
Em tempos passados eu me entregava dessa forma como quem pula de uma rocha no Mar mesmo sabendo que sob a água existe uma pedra.
Obviamente me feri muitas vezes até aprender que, como diz a minha sábia vó "A outra deve sempre te amar mais do que você a ama".
Hoje acredito que consegui atingir um certo equilíbrio nesse complexo jogo do amor.
Quando amo, amo de verdade, não sou meio nem 3/4. Porém cada um ama da sua forma, e não se pode esperar nem exigir que as pessoas entendam e lidem com esse sentimento exatamente da mesma forma que você.
Se eu posso te oferecer uma festa completa e você pode me oferecer apenas os balões, serão eles que farão minha festa perfeita.

Quanto ao seu post, sinto uma certa inveja-saudável de quem tem a oportunidade de conhecer outras culturas.
Sonho em conhecer a Alemanha por ex.
Isso de tudo fechar no Domingo achei bem interessante, aqui no Brasil isso acontece apenas em cidades de interior, mesmo assim graças a Deus sempre podemos contar com as padarias, esses mágicos templos das delícias que vendem desde cigarros à pernil assado =]

Beijos Gisa, você é realmente uma graça de menina.

chaverdecomlimao disse...

Como fui criada numa cidade do interior, seria fácil me adaptar. Que lugares bonitinhos, arrumadinhos e muito fofos! hehehe

By Gisa