quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Sò para mulheres

Aqui na Italia è super dificil encontrar uma pedicure que faça tudo que uma pedicure tem que fazer... geralmente elas sò lixam a unha e passam esmalte (pela pechincha de 21 euros).

Por outro lado, elas sao muito melhores para fazer depilaçao. No Brasil, tinha feito depilaçao completa sò umas duas vezes e saì da esteticista quase sem aquilo. As esteticistas italianas sao muito mais pràticas na depilaçao e chamam a depilaçao total de "alla brasiliana" (à brasileira) porque dizem que foram as brasileiras a começarem com essa frescura de tirar todos os pelos dali. Nao sei se a afirmaçao è verdadeira, mas minha esteticista diz que sò suas clientes brasileiras fazem depilaçao total e que as italianas se recontorcem sò de ouvirem a palavra "total".

Entao eu fico na dùvida: Se elas fazem menos depilaçao total... como conseguem serem mais pràticas que as esteticistas brasileiras, que fazem mais?? Pensando com meus (dois) neuronios eu cheguei a uma conclusao: acho que è porque elas nao se envergonham de mandar a gente ficar em posiçoes que tornam mais "fàcil" o "acesso" aos pelos. Em minhas esteticistas italianas jà fiquei em posiçoes que o Henry nem sonha que existam.

Se eu nao tenho vergonha? Morro. Mas aprendi que em determinadas posiçoes a "extraçao" dos pelos dali doem muuuuuito menos. E com o tempo, a gente se acostuma.

.......................
PS: Algumas esteticistas onde fui disseram que depilavam homens tambem. Naquele lugar, entende? Eu me apavorei e nao voltei nessas estiticistas nunca mais. Embora eu ficava em posiçoes deselegantes em uma salinha fechada, a idèia de que poderia ter um homem ali fora esperando me perturbava...

PS2: Nunca lembro como se escreve "estetista" ou "esteticista" (um è em italiano e o outro em portugues, mas eu nunca lembro qual è qual e nao estou com vontade de procurar).
By Gisa