quarta-feira, 2 de outubro de 2013

TV Italiana - o que tem

Nao tem nada de exorbitante acontecendo em minha vida, entao resolvi plagear um post da Bah (Bah, desculpaee) e falar um pouquinho da programaçao da TV italiana, para voces terem uma ideia do que rola por aqui.

Fiz uma listinha com meus programas preferidos e com aqueles que eu nao suporto. A lista segue por ordem de intensidade (de amor ou odio ahahaha).

Mais amados:

1. Unti e Bisunti

A sèrie è apresentada por um chef italiano (Rubio) que anda pelas principais cidades italianas provando comidas de beira de estrada (seria algo como nossos carrinhos de cachorro quente, carrinho de pastel, acarajè, enfim) e fazendo "apostas" com os cozinheiros de estrada. 

Ele tenta imitar os pratos que os cozinheiros de beira de estrada fazem  e no final os passantes provam os dois pratos e votam o melhor.

Posso confessar um segredo?
O que eu gosto mesmo é de ver 
o chef Rubio comer. 

Acho que deve ser alguma coisa a ver com a minha relaçao com a comida, ou algo assim.

O fato é que ele come com tanta vontade e tanto prazer que toda vez que eu vejo ele comer eu chego a achar obceno. Alguem concorda comigo ou sou sò eu mesmo que tenho vontade de arrancar o pao das maos dele e morder (o pao e o chef) inteiro?

Eu coloquei aqui somente as fotos mais "normais".
Mas eu juro que tem umas fotos em que ele està comendo que sao obscenas, davvero! Obviamente, nao è que eu goste de ver porque è obsceno, mas pelo prazer que ele tem quando come, o que, como voces sabem, nao acontece comigo.

2. Ink Master

Nao è uma sèrie proprio italiana, mas é a minha preferida depois de "Unti e Bisunti". Dezesseis dos melhores tatuadores americanos ficam confinados em uma casa e disputam o premio de 100.000 dolares.

O melhor tatuador leva o premio. Aqui passa a primeira temporada, eu torço por Shane O'Neill, que pra mim è o melhor. 

Um dos juizes é Chris Nunez, de Miami Ink. (Nao tem a minima ideia do que seja Miami Ink? Olha aqui, ò.)

Atualizaçao: Ink Master acabou e quem venceu foi Shane O'Neill, quem eu queria que vencesse! Olha algumas das suas tattoos: 


Parecem fotos, mas sao tattoos!!


Agora tem um outro programa, que subistitui Ink Master, è "As piores tatuagens da Amèrica". Bom, tambem! (Grazzy, beijo!)


3. Report

Eh uma espècie de "Globo Reporter" italiano. 

Um programa de reportagens que fala prevalentemente de problemas italianos: Escandalos na administraçao do dinheiro publico, crise, assassinatos... è um dos poucos programas jornalisticos que eu gosto aqui na Italia, porque é um dos poucos que è sèrio. (Na verdade, no momento, nao consigo lembrar de mais nenhum).

Apresentado por Milena Gabanelli, bravissima!


4. Le Iene ("As ienas")

Talvez seja uma espècie de CQC.

Mostra gafe dos politicos, cameras escondidas que denunciam absurdos como estetistas que fotografam periquitas alheias para depois mostrar para o marido (mor-ro de medo!!), farmaceuticos que jogam remedios fora para receber subsidio do governo, reporteres que tiram sarro de famosos.

Enfim, um pouco de tudo. Algumas coisas sao interessantes, outras nao.


Nao sao italianos mas tambem passam aqui e eu amo assistir: Cucina da Incubo (Kitchen Nightmares), Hell's Kitchen e Master Chef, May-Day, Airport Security, Mile modi per morire, Te l'avevo detto... infine... (Viva DMAX!!)

Os mais odiados:

1. Paperissima (nivel de òdio #3457654636527647657265436 - o programa mais estupido que eu jà vi!)


Tentem imaginar um programa decadente como o programa do Joao Clebler. Adicione a baixaria do Ratinho. Multiplique a chatisse do Zorra Total por 1.000 e adicione ao mesmo programa. Agora coloque uma Dani Bananinha morena pra apresentar o programa, rebolar, se jogar no chao e mostrar a calcinha. Pronto, essa decadencia è Paperissima.


O que me faz odiar ainda mais: Teve um tempo em que era uma brasileira que mostrava a calcinha. Nòs nao temos fama de P* o bastante aqui na ITalia, entao nada melhor que ter uma vagal mostrando a calcinha em rede nacional. ODEIO. ODEIO. ODEIO.

2. Balarò e similares

A ideia é boa: politicos discutindo os problemas do pais.

Entao qual è o problema? O problema è que em 90% do tempo eles somente falam da vida de Berlusconi.

O mais sensacional do programa è que os politicos italianos falam todos ao mesmo tempo e ninguem corta o microfone deles. Imaginem um programa do RAtinho (com a mesma baixaria) mas com politicos.

Pronto, nem vai precisar assitir. Nao importa se o programa chama Balarò, Virus, blablabla... A quantidade de programas é infinita porque italianos adoram discutir politica - que aqui na ITalia se resume a falar mal ou bem de Berlusconi.


Muda o nome mas é tudo igual: metade dos politicos ficam brigando defendendo Berlusconi e a outra metade fica pedindo DNA falando mal do mesmo.

Talvez o unico que se salve, por ter um apresentador que consegue controlar melhor os barraqueiros politicos, é Piazza Pulita.

O momento mais cool desses programas é quando todos falam ao mesmo tempo, entao quem grita mais alto, vence. O Henry ama esses programas e, obviamente, meus ouvidos agradecem. Sò que nao, nè?
 


3. OS programas de cozinha de Simone Rugiati

Eu nunca consegui ver uma receita inteira nesses programas, porque esse chef é insuportavel.

Pegue a prepotencia dos venezianos, a indiferença dos milaneses, a maleducazione dos napolitanos, e falta de paciencia dos romanos. Pronto, vi presento Simone Rugiati, o chef mais noioso e insuportavel da TV ITaliana. Provavelmente é implicancia minha... mas a voz de taquara rachada dele, tambèm nao ajuda em nada o seu desempenho televisivo.


4. S.O.S Tata

Eu gostava da versao brasileira desse programa. O T. e eu assistiamos todos os episodios, quando a gente estava no Brasil.

O problema aqui na ITalia è que as crianças italianas sao exageradamente manhosas e insuportaveis e os pais sao quase sempre imbecis e impotentes. 

O resultado? Uma catastrofe: tem o pai que coloca a pistola de brinquedo na mao do filho e manda ele atirar na mae, tem o pai que ensina o filho a bater no irmaozinho menor, tem as crianças de 11 anos que ainda dormem na cama com os pais, tem... bom, tem tudo... os absurdos sao tantos e tao ridiculos que o programa se torna insuportavel.

By Gisa