segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Inverno italiano

A ùnica coisa que eu gosto do inverno italiano (alèm da temporada de caça, claro) è o cheiro. Inverno italiano tem assim, um misto de cheiro de terra molhada / folha seca / musgo / cogumelo que è uma delicia!

Mas talvez essa minha observaçao otimista se deva sò ao fato de que agora tem o cheiro mas nao tem o frio (jà que, inexplicavelmente a temperatura, depois de chegar a 15°C voltou a 27°C). Bom pra mim!

E o mais gostoso è ver os italianos (que gritam o orgulho de viver em um paìs, segundo eles "tropical") resmungarem contra o "verao" prolongado. Porque italiano è assim: no inìcio estao todos felizes, a contarem vantagem sobre os russos (que nem sabem o que è verao, coitados), a se gabar da "bençao divina" de ter um pais "climaticamente perfeito". Mas basta os russos voltarem à Russia e o verao se esticar duas semanas para eles começarem a resungar:

- Oh, Dio buono! Questa estate non finisce maaaai!! Non c'e la faciamo più!
- (Oh, meu bom Deus! Este verao nao termina nuuunca!! Nao aguentamos mais!)

E eu midivirto!! :)

(Sò pra constar, amo sol, verao, praia, cheiro de protetor solar, milho cozido, agua de coco, gosto de sal na boca, vermelhidao de insolaçao, areia misturada com xixi de cachorro e afins...)
By Gisa