segunda-feira, 7 de julho de 2008

A Lendária história das mãos Haanappel

Bem... pra começar, vou logo explicando que não sei se o nome do post está correto, porque embora os parentes que tenham a típica mão 'grossa' têm hoje o outro sobrenome, a nossa mão foi herança genética da minha avó paterna, que tinha o sobrenome 'Ristau'. E na revista, o sobrenome da família era 'Haanappel'.

Bem, mas deixando o sobrenome de lado, estou colocando aqui a história que foi contada em minha família de geração em geração: O acontecimento que deu origem às nossas mãos, tão diferente das demais.

Esta publicação é uma revista alemã, que foi dada ao meu irmão mais velho pela minha avó. Como não tem mais capa nem contracapa, não consegui identificar o nome nem a data de publicação. Pelo conteúdo, o tradutor acredita que sua publicação se deu entre os anos 1958-1960.




**************************

Tradução:

O Mistério da família Haanappel


TODOS TEM MÃOS NEGRAS

Uma família na pequena cidade holandesa de Doesburg é conhecida por possuírem suas mãos negras, um capricho da natureza que pode ter sua origem no século 16.

Naquele tempo, havia na cidade uma torre de 98 metros de altura, na Igreja Martins, o orgulho dos moradores da cidade.

Em uma noite, quando o guarda municipal Haanappel fazia sua ronda, viu um vermelho brilhante de fogo através de uma janela da torre. Imediatamente, ele correu até as escadas e subiu torre acima, para baladar os sinos, com o propósito de dar o alarme de incêndio.

Mas ele acabou encontrando em sua volta um fechado fogo ardente. A torre queimava e a única saída para voltar seria utilizar-se das cordas do sino. Foi o que ele fez, mas, durante a descida, escorregando na dura e dilacerada corda, queimou suas mãos e pés com a fuligem que a penetrava, proveniente do fogo. Ele ficou com os pés e mãos negros e queimados.

Com dores insuportáveis, Haanappel correu para casa. Sua esposa estava grávida e desmaiou quando viu suas mãos feridas pelo fogo.

Poucas semanas depois do ocorrido, o bebê veio ao mundo, e sua mãe pode observar que as palmas das mãos do recém nasicdo estavam escurecendo.

E estas mãos passaram de gerações para gerações.

Legenda das fotos:

Na parte superior: Sino e corda no qual Haanappel escapou / Parte dos fragmentos da corda, que tornou-se agora uma custosa lembrança adquirida pela família.

No centro: As Mãos Negras dos 6 membros da família Haanappel. A mão branca pertence a esposa de um descendente do vigia.

Abaixo:
1. A Igreja Martins: No Século 16, era uma das maiores igrejas da terra, sua alta torre nunca mais foi reconstruída.
2. Anni, a mais jovem da família, passa roupas: "Felizmente as mãos negras não soltam tintas", diz, sorrindo.
3. O pequeno Jaap, com 11 anos de idade, tem mãos negras. Quando um novo professor chega, sempre pensa que as mãos do menino estão sujas.


************

PS: Meus irmãos, quando pequenos, voltaram para casa várias vezes com bilhetinhos dos professores, sempre dizendo: "Prezada mamãe, favor mandar seu filho para a Escola sempre com as mãos limpas".

Eu nunca passei por isso, pois minha tia trabalhava na escola em que eu estudava, então os professores já sabiam.

Mas também passei por muitos constrangimentos.

Por exemplo, meu primeiro namorado 'espalhou' pela cidade que eu tinha mão de homem. (Ai que ódio!). Já quando fui morar em Salvador, sempre que alguém me conhecia, me perguntava se eu trabalhava na 'lavoura' no Paraná.

Agora eu já me cansei, e nunca cumprimento quem eu não conheço com um aperto de mãos. Só dou um sorriso. Parece falta de educação, mas mal educadas são as pessoas ao sentir minhas mãos. Elas sempre fazem as mesmas perguntas: "Você tem Ácido Úrico?", ou "Você trabalha na roça?", ou "Você está com as mãos machucadas?"...

Então pra evitar ficar explicando que é algo genético, que não tem cura, etc, etc,... eu prefiro evitar... é tão cansativo explicar sempre a mesma coisa...

Bom, essa é a história! Queria muito encontrar outras pessoas, de outras famílias que tivessem a mão assim também. Queria encontrar outros descendentes da família Haanappel!!
By Gisa