sábado, 2 de junho de 2012

Meus vizinhos

Morar em condomino em Venezia nao è fàcil. O povo da terraferma, como pude ver, è mais legalzinho, mas os venezianos das ilhas sao super chatos e super mal educados.

Pra quem nao sabe, eu me mudei de Venezia ilha pra terraferma. Me dou bem com todos os meus viznhos mas... tem dois venezianos no apartamento acima do meu...

... e vamos ao causo:

Ontem eu estava conversando com a calabresa (que na verdade è siciliana mas que eu sò lembro que è siciliana depois que chamei de calabresa) no portaozinho do meu jardim quando senti alguma coisa cair na minha cabeça. Olhamos para o alto e vimos milhares de migalhas de pao caindo do cèu e logo mais acima uma mulher loira, na faixa dos 30 anos, na sua sacada, sacudindo sua toalha em cima do meu jardim, ou melhor, bem na minha cabeça.

Muito educadamente, eu falei:
- Minha senhora... se a senhora abanar a toalha em cima do meu jardim depois eu vou ter que limpar! - apontei para aquela porcalhada toda no chao e continuei: 
- Olha que sujeira a senhora fez!
A mulher, ma maior cara de pau, me respondeu:
- Mas nao foi eu!

Eu olhei pra calabresa, que jà tava indignada, e continuei falando para a senhora:
- Mas nòs acabamos de ver a senhora abanar a toalha!!

E entao ela fez o que o veneziano sabe fazer de melhor: deixou a gente falando sozinha e sumiu pra dentro da casa.

Pode, gente? Pode uma coisa dessas? A mulher acha que tem algum poder invisivel ou o que? 

E nao è a primeira vez que ela joga coisas na minha cabeça: outro dia ela jogou uma bituca de cigarro... ACESA. Ela tambem joga guardanapos sujos de meleca e, è claro, cinzas de cigarro, porque aparentemente, na cabeça dela, meu jardim è um cinzeiro.

E os pobrema com esses venezianos (eles sao um casal) nao pàram aì.

Alguns dias atràs o condominio recebeu uma carta ameaçadora do administrador, dizendo que tinham crianças brincando no cortil e que segundo as regras do condominio nao pode brincar ali. A carta ainda enfatizava que a criança em questao andava de bicicleta no cortil e isso era algo inadmissivel. A carta terminava dizendo que se o problema nao fosse resolvido em uma semana, os moradores incomodados tomariam as providencias judiciais cabiveis.

Conversando com os moradores mais antigos do prèdio (todos da terraferma) descobri que essa criança sempre fez isso e nunca foi um problema... atè esses venezianos chegarem.

Eu nao vi, mas uma senhora disse que dias atràs eles colocaram um cartaz no elevador, dizendo que nao conseguiam entender como algumas pessoas tinham coragem de deixar o filho andar de bicicleta no cortil, algo tao "desrespeitoso"!

Viram como sao os venezianos? Jogar bituca acesa na cabeça dos outros... problema nenhum! Andar de bicicleta? INADMISSIVEL!

Eles sao ou nao sao um bando de loucos egocentricos, prepotentes e mal educados? Sò porque eles nunca andaram de bicicleta, acham que na terraferma tambem nao pode! Nao sao eles que tem que se adaptar à terraferma, è a terraferma que tem que se adaptar a eles... 

Digo mais uma vez: ODEIO veneziano... 

... e das duas, uma: ou isso tà virando carma ou os fdps tao me perseguindo!
By Gisa